(11) 97569-1877

Procedimentos comuns Microcirurgia

O que é microcirurgia reconstrutiva?

É uma cirurgia na qual microscópios e instrumentação de precisão são usados para reparar estruturas complexas, como vasos sanguíneos e nervos, com menos de alguns milímetros de diâmetro.

A microcirurgia causou um grande impacto na restauração da forma e função de indivíduos afetados por trauma, câncer e anomalias congênitas. A microcirurgia envolve transferência de tecido de uma parte do corpo para outra (transferência livre de tecido), recolocação de partes rompidas (replantio) e transplante de tecido composto.

Quais são os procedimentos que precisam ser por microcirurgia?

A reconstrução microcirúrgica é normalmente reservada para problemas complexos de cirurgia reconstrutiva quando outras opções (fechamento primário, enxerto de pele, transferência de retalho local ou regional) são inadequadas, como:

– Reconstrução mamária usando transferência livre de tecido
– Reconstrução de cabeça e pescoço usando transferência de tecido livre
– Transferência muscular livre de funcionamento para certos tipos de paralisia muscular
– Transferência de retalho ósseo vascularizado
– Reconstrução complexa de feridas
– Transplante de dedo do pé
– Reimplantação de dígitos
– Reparação e enxerto de nervos
– Reconstrução linfática

Quais são os riscos da microcirurgia?

Os riscos de uma reconstrução microcirúrgica é alto, pois esta cirurgia é normalmente reservada para problemas complexos de cirurgia reconstrutiva, portanto é fundamentar escolher um cirurgião plástico que tenha treinamento especifico na área de reconstrução microcirúrgica e seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Fiz especialização com o grupo de Microcirurgia Reconstrutiva da Cirurgia Plástica do HC (reconhecido como o mais importante grupo em nosso país). Sou membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Os riscos da microcirurgia são:
– Sangramento
– Infecção
– Má cicatrização de incisões
– Hematoma
– Riscos anestésicos
– Acumulação de fluidos (seroma)
– Perda de pele ou necrose tecidual
– Dormência ou outras alterações na sensação da pele
– Descoloração da pele e / ou inchaço prolongado
– Cicatrizes desfavoráveis
– Frouxidão recorrente da pele
– Tecido adiposo encontrado no fundo da pele pode morrer (necrose gordurosa)
– Trombose venosa profunda, complicações cardíacas e pulmonares
– Assimetria
– Resultado estético abaixo do ideal
– Possibilidade de cirurgia revisional
– Dor persistente

Quanto custa a microcirurgia?

É PROIBIDO pelo Conselho Federal de Medicina (através da resolução 1.836/2008) divulgar informações sobre preços e custos de tratamentos sem avaliação prévia para evitar que os pacientes sejam vítimas de cirurgiões e clínicas que atuam de maneira anti-ética, que vendem tratamentos antes mesmo de saber se as pessoas que os procuram terão benefícios com eles ou se é o melhor para elas.
Outro motivo importante é que dependendo de cada paciente, procedimentos semelhantes podem ter custos diferentes.
Isso inclui necessidade de tratamentos adicionais ou complementares para ter um bom resultado.
Todos esses fatores influenciam no valor final de um procedimento.