(11) 97569-1877

Lifting de Coxas

Vídeos

O que a cirurgia de Lifting de coxas faz?

O lifting de coxa, ou dermolipectomia de coxas, reposiciona os tecidos e assim remodela as coxas, reduzindo o excesso de pele e gordura, resultando em uma pele mais lisa e contornos mais proporcionais das coxas e dos membros inferiores. O lifting de coxa não tem o propósito exclusivo de remoção do excesso de gordura. A lipoaspiração remove o excesso de depósitos de gordura, onde a pele tem boa elasticidade e é capaz de, naturalmente, estar em conformidade com o novo contorno do corpo. Nos casos em que a elasticidade da pele é precária, uma combinação de técnicas de lipoaspiração e de lifting de coxa pode ser recomendada. Outra situação especial é no caso de grandes emagrecimentos aonde o lifting de pernas tem um caráter reparador importante.

Para quem o Lifting de coxas é indicado?

• Indivíduos com flacidez significativa dos tecidos moles ao longo da região interna ou medial da coxa e/ou coxa exterior;
• Após cirurgia bariátrica; 
• Indivíduos saudáveis que não tenham condições médicas que possam prejudicar a cicatrização ou aumentar o risco de cirurgia;
• Não fumantes;
• Indivíduos com atitude positiva e expectativas realistas do resultado cirúrgico;
• Indivíduos empenhados em levar uma vida saudável, incluindo alimentação adequada e boa forma.

As cicatrizes após a cirurgia são permanentes?

Sim, mas geralmente são colocadas em áreas que não são facilmente visíveis. Raramente, as incisões podem resultar em cicatrizes vermelhas elevadas. Injeções de corticosteróides ou outros tratamentos podem ser usadas para melhorar a aparência das cicatrizes.

Quais são os riscos da cirurgia de lifting de coxas?

Esses riscos e outros serão discutidos completamente antes do seu consentimento. Lembre-se que a escolha do medico é fundamental para diminuição dos riscos cirúrgicos. portanto é fundamentar escolher um cirurgião plástico que tenha treinamento especifico e seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Fiz especialização com o grupo de Microcirurgia Reconstrutiva da Cirurgia Plástica do HC (reconhecido como o mais importante grupo em nosso país). Sou membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Como qualquer outro tipo de cirurgia importante, as cirurgias plástica representam um risco de sangramento, infecção e uma reação adversa à anestesia.

Além destes riscos também podem ocorrer:
– Má cicatrização de feridas
– Acumulação de fluidos (seroma)
– Danos a estruturas mais profundas, como nervos, vasos sanguíneos e músculos
– Tecido adiposo sob a pele pode morrer (necrose gordurosa)
– Dormência ou outras alterações na sensação da pele
– Dor, que pode persistir
– As suturas podem não absorver, mas surgem espontaneamente através da pele, causando irritação, drenagem e vermelhidão
– Possível necessidade de cirurgia revisional

Quem não deve se submeter a cirurgia de Lifting de coxas?

– Pacientes significativamente acima do peso
– Tenha mudanças frequentes no seu peso
– Tem uma condição médica que interfere na cicatrização de feridas
– É fumante

O saber antes da cirurgia de Lifting de coxas?

É aconselhável parar de tomar certos medicamentos, como anti-inflamatórios não esteróides (AINEs), aspirina e medicamentos que contêm aspirina. Solicitado também que você pare de tomar substâncias naturopáticas, como alho, ginkgo, ginseng e erva de São João, pois podem afetar a coagulação e a anestesia. Sempre diga a mim tudo que estiver tomando.
É necessário ajuda durante a recuperação. Faça planos para alguém levá-lo para casa após a cirurgia e fique com você quando começar a se recuperar.

O que ocorrerá após a cirurgia de Lifting de coxas?

Após a cirurgia, curativos ou bandagens serão aplicados sobre as incisões e as pernas podem ser envoltos em bandagem/atadura/faixa elástica ou malha de compressão para minimizar o inchaço. Darei instruções especiais, incluindo:
– como cuidar da ferida operatória
– medicamentos para tomar por via oral para ajudar a reduzir o potencial de infecção
– cuidados específicos com o local da cirurgia, com seu estado de saúde, e acompanhamento pós-operatório com o cirurgião plástico
– realizaremos drenagens e cuidados com as feridas na clinica
– você passará em consulta comigo dentro de um ou dois dias após cirurgia. Removerei as ataduras e o tubo de drenagem, se usado.

Quais são as recomendações nos primeiros dias após esta cirurgia?

– Evite atividades físicas e atléticas com os braços que possam esticar as incisões por quatro a oito semanas após a cirurgia.
– Tome analgésicos conforme necessário e use antibióticos tópicos ou orais, conforme indicado para evitar infecções de feridas.
– Converse comigo sobre quando – ou se – seus pontos serão removidos. Alguns pontos se dissolvem por conta própria. Outros devem ser removidos no consultório médico nas semanas após o procedimento.

Você deve entrar em contato com o seu Cirurgião Plástico e busque um pronto atendimento imediatamente se você tiver…

– Falta de ar
– Dores no peito
– Um batimento cardíaco irregular
– Vermelhidão da pele e febre

Que resultados devo esperar após a cirurgia?

Ao remover a pele solta, o Lifting de coxas dará uma aparência mais tonificada as pernas.
Os resultados são geralmente duradouros, mas os resultados iniciais serão obscurecidos pelo inchaço e hematomas e uma cicatriz permanecerá onde a incisão foi feita.
Lembre-se, no entanto, sua pele perderá naturalmente alguma firmeza à medida que envelhece e pode ocorrer flacidez. Manter um peso estável e saudável pode ajudar a manter seus resultados.
Realizar drenagem linfática é essencial para o sucesso da sua cirurgia. É importante que as incisões cirúrgicas não sejam sujeitas a força excessiva, inchaço, abrasão ou movimento durante o tempo de cicatrização.

Quanto custa cirurgia de LIfting de coxas?

É PROIBIDO pelo Conselho Federal de Medicina (através da resolução 1.836/2008) divulgar informações sobre preços e custos de tratamentos sem avaliação prévia para evitar que os pacientes sejam vítimas de cirurgiões e clínicas que atuam de maneira anti-ética, que vendem tratamentos antes mesmo de saber se as pessoas que os procuram terão benefícios com eles ou se é o melhor para elas.
Outro motivo importante é que dependendo de cada paciente, procedimentos semelhantes podem ter custos diferentes.
Isso inclui necessidade de tratamentos adicionais ou complementares para ter um bom resultado.
Todos esses fatores influenciam no valor final de um procedimento.