(11) 97569-1877

Microdermoabrasão

Vídeos

O que é microdermoabrasão?

A microdermoabrasão é um procedimento que realiza a esfoliação física e superficial da pele, que pode ser feito por aparelhos. Ele promove a remoção das células mortas e, consequentemente, a renovação celular e o estímulo da produção de colágeno.
Os principais tipos são:
– Peeling de cristal, com a pulverização de cristais de óxido de alumínio na pele, removendo sua camada mais superficial. Em seguida, é realizada aspiração à vácuo que retira todos os resíduos, como células mortas, da superfície da pele e estimula a produção do colágeno.
– Peeling de diamante, é feita a esfoliação profunda da pele, sendo eficiente para remoção de manchas e combate às rugas.

A microdermoabrasão dói?

Os tratamentos de microdermoabrasão não são invasivos e visam apenas as camadas mais externas da pele. Etapas como a máscara AHA / BHA podem formigar, e a máquina com ponta de diamante usada pode parecer um pouco estranha (como um pequeno aspirador de pó) – mas nenhuma parte do processo é dolorosa.

A microdermoabrasão deixa a pele perfeita após um único tratamento?

Sua pele pode parecer mais suave, mais clara e mais fina, mesmo após um tratamento, mas se você desejar uma melhor versão da sua pele, precisará trabalhar comigo para criar um programa de tratamento personalizado. Dependendo da condição da sua pele e suas preocupações, uma série de tratamentos será recomendada por mim juntamente com os produtos para a pele para dar suporte ao seu tratamento em casa.

– o mínimo recomendado é geralmente três tratamentos de microdermoabrasão a cada quatro semanas.

Quanto custa a microdermoabrasão?

É PROIBIDO pelo Conselho Federal de Medicina (através da resolução 1.836/2008) divulgar informações sobre preços e custos de tratamentos sem avaliação prévia para evitar que os pacientes sejam vítimas de cirurgiões e clínicas que atuam de maneira anti-ética, que vendem tratamentos antes mesmo de saber se as pessoas que os procuram terão benefícios com eles ou se é o melhor para elas.
Outro motivo importante é que dependendo de cada paciente, procedimentos semelhantes podem ter custos diferentes.
Isso inclui necessidade de tratamentos adicionais ou complementares para ter um bom resultado.
Todos esses fatores influenciam no valor final de um procedimento.