(11) 97569-1877

Labioplastia (ninfoplastia)

Vídeos

O que é a cirurgia plástica de ninfoplastia (labioplastia)?

É uma cirurgia para reduzir o tamanho dos pequenos lábios – os retalhos de pele em ambos os lados da abertura vaginal. O tamanho e a forma dos lábios são tão individuais quanto a cor dos olhos, e o alcance do que é “normal” é amplo e profundo. No entanto, quando os lábios da mulher são especialmente alongados, o excesso de tecido pode causar desconforto ou atrapalhar o funcionamento normal.
Um atleta cujos lábios são longos pode descobrir que o tecido gruda na perna durante a atividade física, por exemplo. O tecido labial que se projeta pode tornar desconfortável sentar em um assento de bicicleta.

Quem deveria fazer a cirurgia de ninfoplastia?

• Pessoas que possuem os pequenos lábios hipertrofiados e que causam a irritação durante esportes ou atividades do passatempo.
• Pessoas que sentem dor ou desconforto ao ter a relação sexual devido à problemas anatômicos locais
• Infecção de aparelho urinário crônica devido à associação do suor ou das secreções no espaço criado pela hipertrofia labial
• Dificuldades com o odor ou a higiene alterada dos genitais devido à pouca ampliação labial incluindo não poder higienizar correctamente
• Mulheres que se sintam desconfortáveis com a a aparência dos seus pequenos lábios.

Quais são os riscos de uma ninfoplastia?

Esses riscos e outros serão discutidos completamente antes do seu consentimento. Lembre-se que a escolha do medico é fundamental para diminuição dos riscos cirúrgicos. portanto é fundamentar escolher um cirurgião plástico que tenha treinamento especifico e seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
Fiz especialização com o grupo de Microcirurgia Reconstrutiva da Cirurgia Plástica do HC (reconhecido como o mais importante grupo em nosso país).
Sou membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

A complicação mais comum é a ressecção excessiva. Enquanto algumas mulheres desejam uma redução agressiva, isso pode resultar em secura crônica, cicatrizes na abertura vaginal ou nas proximidades e dor na relação sexual. É mais provável que ocorram problemas de cicatrização com um procedimento em cunha, principalmente se o paciente for exposto a substâncias que causam a contração dos vasos sanguíneos.

Quem tem contraindicação a esta cirurgia?

Não deve ser feito em meninas com menos de 18 anos, porque os lábios continuam a se desenvolver além da puberdade até o início da idade adulta.

Como é a cirurgia de ninfoplastia?

Para fazer uma ninfoplastia retirarei o excesso de tecido para permitir que os pequenos lábios fiquem bem dobrados dentro dos grandes lábios – os lábios externos da vulva. A medicação para a dor geralmente é necessária posteriormente, mas apenas por alguns dias. Para a maioria das mulheres, a recuperação é rápida e descomplicada. Todo o procedimento leva cerca de 1 a 2 horas.
Você pode ir para casa no mesmo dia.

Quanto tempo tenho que me afastar do trabalho?

A recomendação é tirar de 4 a 7 dias de folga do trabalho para relaxar e ajudar na cicatrização vestindo calças largas e confortáveis e curativos para absorver pequenos sangramentos. Se você se submeter a esse procedimento irei te instruí a não usar tampões durante o primeiro período subsequente. Dentro de 14 dias você pode voltar às suas atividades físicas normais.

Como é a recuperação desta cirurgia?

Pode demorar alguns meses para a pele se recuperar completamente. Durante esse período, você precisa:

– Manter a área limpa e livre de infecção
– Usar roupas íntimas e roupas largas para evitar friccionar
– Evitar sexo por cerca de 3 semanas
– Evitar atividade física por 3 a 12 semanas
– Usar toalhas sanitárias em vez de tampões por algumas semanas

Darei a você conselhos mais específicos a serem seguidos na consulta.

Quais são os efeitos colaterais?

Após esta cirurgia é normal ter desconforto local por até 2 semanas.
Você receberá analgésicos para ajudar com isso.
Os riscos associados à ninfoplastia (labioplastia) incluem os da maioria dos procedimentos cirúrgicos, incluindo sangramento, hematoma e infecção.
Qualquer tipo de operação também apresenta um pequeno risco de trombose, alergias etc. Irei te explicar a probabilidade desses riscos e complicações e como eles seriam tratados se você os tiver durante a consulta.

Quanto custa este procedimento?

É PROIBIDO pelo Conselho Federal de Medicina (através da resolução 1.836/2008) divulgar informações sobre preços e custos de tratamentos sem avaliação prévia para evitar que os pacientes sejam vítimas de cirurgiões e clínicas que atuam de maneira anti-ética, que vendem tratamentos antes mesmo de saber se as pessoas que os procuram terão benefícios com eles ou se é o melhor para elas.
Outro motivo importante é que dependendo de cada paciente, procedimentos semelhantes podem ter custos diferentes.
Isso inclui necessidade de tratamentos adicionais ou complementares para ter um bom resultado.

Todos esses fatores influenciam no valor final de um procedimento.