(11) 97569-1877

Bichectomia

O que é bichectomia: Para quem está indicada a bichectomia?

Na região das bochechas é onde apresenta maior espessura de gordura, quando em grande volume, pode dar aspecto mais arredondado ao rosto (com importante componente genético). Bichectomia é o nome dado à retirada cirúrgica de parte desse compartimento de gordura, visando modificar/ afinar o contorno facial. A indicação ou não do procedimento depende de avaliação presencial. Trata-se de uma cirurgia minimamente invasiva e realizada por uma cicatriz intra-oral.

A partir de qual idade posso fazer uma cirurgia plástica para diminuir as bochechas?

A princípio, homens e mulheres poderiam se beneficiar, estando desaconselhado para pacientes abaixo dos 16-18 anos ou fora do peso ideal.

Qual parte do rosto a bichectomia pode melhorar?

A bichectomia diminui as bochechas e afina a parte inferior do rosto, ou terço medio da face, definindo melhor as “maças do rosto”. A retirada da gordura das bochechas, faz com que a parte inferior ou baixa do rosto, fique mais fina, delicada e retangular – características típicas de um rosto atraente.

Quais são os riscos cirúrgicos de bichectomia?

Esses riscos e outros serão discutidos completamente antes do seu consentimento. Lembre-se que a escolha do medico é fundamental para diminuição dos riscos cirúrgicos. portanto é fundamentar escolher um cirurgião plástico que tenha treinamento especifico e seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Fiz especialização com o grupo de Microcirurgia Reconstrutiva da Cirurgia Plástica do HC (reconhecido como o mais importante grupo em nosso país). Sou membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Os riscos são os comuns a qualquer procedimento cirúrgico (sangramento, infecção) além dos relacionados às peculiaridades locais. A região de acesso na cavidade oral fica próxima ao óstio do ducto parotídeo (por onde a saliva – secretada pela glândula parótida – chega à boca) e a ramos bucais do nervo facial (responsáveis pela movimentação de parte da musculatura da boca), o que poderia favorecer lesão inadvertida destas estruturas. Outro ponto importante, em se tratando de cavidade oral, são os cuidados relativos à proteção da via aérea, vulnerável a líquidos ou fragmentos que porventura viessem a se deslocar posteriormente na boca, particularmente em pacientes com nível de consciência rebaixado (sob efeito de anestésicos). Daí a importância de o procedimento ser realizado um cirurgião plástico registrado na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e em ambiente adequado.

Como é feita a cirurgia de bichectomia?

A cirurgia plástica que retira gordura das bochechas, é feita através de um pequeno corte na parte interna da boca (não há cicatrizes externas ou perceptíveis). Através desse corte, é retirado o excesso da gordura de Bichat. A incisão é suturada com dois ou três pontos absorvíveis – não ha necessidade de retirada de pontos.

Quais famosas ou celebridades que já fizeram bichectomia?

Victoria Beckham, Kim Kardashian, Angelina Jolie e Megan Fox, Madona.

A cicatriz ou corte após a redução das bochechas ficará aparente?

Não. A cicatriz ficará na parte interna da boca.

A bichectomia é feita nos homens?

A redução das bochechas ou bichectomia no homem é muito procurada! Fique tranquilo! Os traços típicos do rosto atraente masculino não serão perdidos e sim acentuados por mim durante esta cirurgia.

Quanto de volume pode ser diminuído com a cirurgia plástica das bochechas?

O resultado deve ser bastante natural, sem ficar evidente que foi feita uma cirurgia plástica. Não existem medidas exatas e a quantidade ideal, depende muito do senso estético de cada cirurgião plástico.

Existe alguma indicação funcional para diminuir a bochecha? O que é a bichectomia funcional?

A bichectomia funcional costuma ser feita em pacientes que com muito volume na região da bola de Bichat, os quais, em função disso, acabam mordendo muito as bochechas. A lesão repetida da parte interna da bochecha, pode causar uma proliferação de bactérias que podem causar mau hálito e doenças da cavidade oral e gengiva.

As bochechas podem voltar a crescer e aumentar de tamanho após a bichectomia?

Essa cirugia plástica é bastante procurada por pessoas que emagrecem “tudo o que podem” e continuam com as bochechas grandes. A tendência das bochechas de crescerem quando ocorre ganho de peso, diminui muito com o procedimento. Entretanto, em casos de grandes ganhos ponderais, elas podem aumentar de tamanho novamente.

A cirurgia de bichectomia pode ser realizada junto com outras cirurgias plásticas?

A diminuição das bochechas é feita há muito tempo como procedimento acessório às cirurgias de lifting facial.

Como é a recuperação após a bichectomia? Quanto tempo de recuperação?

A dor não costuma ser importante. Edema e roxos podem durar de alguns dias a poucas semanas, variando caso a caso. Após 4-7 dias geralmente, atividade sociais e trabalho podem ser plenamente retomados, desde que não exijam esforço físico.Atividades aeróbicas leves são liberadas após duas semanas e academia entre 3 e 4 semanas.

Quais os cuidados no pós-operatório da bichectomia?

Os principais cuidados pós-operatórios são: • Evitar sol nas primeiras 4 semanas ou enquanto houverem áreas roxas/ • Compressas de soro fisiológico nos primeiros 3 dias a 5 dias • Dieta liquida e pastosa nas primeiras 48 horas.

Quando posso voltar a fazer exercício ou academia após a bichectomia?

Atividades aeróbicas leves são liberadas após duas semanas e academia entre 3 e 4 semanas. 

A cirurgia atrapalha na mastigação?

Não. A redução das bochechas pode inclusive trazer uma melhora funcional, para quem está sempre “mordendo as bochechas” em função do aumento da Gordura de Bichat.

Quanto custa a cirurgia plástica de BICHECTOMIA?

É PROIBIDO pelo Conselho Federal de Medicina (através da resolução 1.836/2008) divulgar informações sobre preços e custos de tratamentos sem avaliação prévia para evitar que os pacientes sejam vítimas de cirurgiões e clínicas que atuam de maneira anti-ética, que vendem tratamentos antes mesmo de saber se as pessoas que os procuram terão benefícios com eles ou se é o melhor para elas.
Outro motivo importante é que dependendo de cada paciente, cirurgias semelhantes podem ter custos diferentes. Isso inclui necessidade de tratamentos adicionais ou complementares para ter um bom resultado e onde a cirurgia será realizada.
Todos esses fatores influenciam no valor final de uma cirurgia.